sexta-feira, março 27, 2009

O cristão e a política

Pela não reacção ao post anterior bem como a não resposta aos diversos emails que enviei a amigos cristãos, julgo que o cristão não se envolve com a política!
Será que é também por isso que ela está como está?

domingo, março 22, 2009

Novas Opções Políticas

Estamos num momento crucial da história política portuguesa em que, mais do que nunca, se sente um desejo de mudança.

A Bíblia, regra de fé e prática para os cristãos, aconselha a "que se ore, que se suplique e que se agradeça a Deus, intercedendo em favor de toda a gente, sem esquecer os que governam e estão investidos de autoridade, a fim de que possamos viver em paz e sossego, conformando a nossa conduta com a vontade de Deus, com honestidade." ( O Livro, 1ª Timóteo 2:1,2)

Estar numa posição de governo de uma nação não é uma tarefa fácil, para a qual os líderes devem procurar buscar a orientação e dependência de Deus. Não sei se os nossos governantes e líderes políticos actuais o têm feito, mas parece-me que não, a ver pelas suas atitudes e ética política.

De qualquer modo, é tempo de começarmos a orar pelos futuros governantes do nosso país bem como por todos nós portugueses, que os temos de escolher.

As diferentes opções políticas parlamentares são já bem conhecidas de todos. Menos conhecidas são as novas opções que têm surgido recentemente e que certamente merecem a nossa atenção, na medida em que procuram uma renovação dos ares políticos que nos envolvem, segundo uma perspectiva equilibrada e de acordo com valores éticos fundamentais.

Recomendo que se informem sobre:
MMS - Movimento Mérito e Sociedade: http://www.mudarportugal.pt/
MEP - Movimento Esperança Portugal: http://www.mep.pt/

Vale a pena ler os seus compromissos, o código de ética e quem sabe, também participar com ideias e preocupações que todos temos como cidadãos deste país, nomeadamente nas áreas com as quais estamos mais ligados ou em assuntos que julgamos serem essenciais virem a ser tratados. Como cristãos, mais do que nunca temos de participar activamente no futuro do nosso país.

Fraternos Abraços democráticos!

sexta-feira, março 20, 2009

quarta-feira, março 18, 2009

E quando nos faltam as forças?

Nb. - Neste vídeo não se percebe mas a força deste homem resulta da sua relação e fé em Deus.