segunda-feira, março 26, 2007

Bodas de Papel

Bodas de Papel" é a designação para a comemoração de dois anos de casamento. No primeiro ano comemora-se as "Bodas de Algodão". Porquê estas designações?
Talvez porque no 1º ano o casal ainda andou nas núvens, simbolizado pelo algodão. Tudo era lindo e puro. Mas no segundo ano de casamento já é preciso recordar o compromisso assumido no "papel" assinado pelos dois no dia do casamento. As diferenças, as pressões e as discussões precisam ser encaradas como fazendo parte do relacionamento e a aceitação mútua precisa ser assumida tal como se assumiu o compromisso de amar um ao outro no papel.
Agora então entramos no 3º ano, do trigo. Será que vai ser um ano de abundância?
Como devemos gerir essa "riqueza" será o nosso desafio!

6 comentários:

Vilma disse...

Se Deus quiser, sim! :)
Sempre gostei da expressão "Bodas de algodão".. sempre me deu vontade de pular! Por associar Às nuvens! :D

Ego ipse disse...

...e os 11 anos o que são?
...Felicidades para o ano do trigo... isso soa-me a frutos eh eh eh

Tiago disse...

e que este 3º ano vos traga muitas alegrias...desafios serão muitos certamente, com tanto a acontecer :-) o primeiro fruto do vosso amor...e um sítio "novo" para todos viverem em harmonia. Um abraço deste vosso recente amigo...FELICIDADES!!

Leonel Vasco disse...

espero que possas um dia dizer como eu.
vou fazer este ano 21 anos de casado e cada vez estou mais apaixonado pela Dany.

JOINCANTO disse...

Li algures que: “No primeiro ano de casamento, o homem fala e a mulher ouve. No segundo ano, a mulher fala e o homem ouve. No terceiro, ambos falam e os vizinhos ouvem.”
Acrescento que vou já no 16º ano do meu casamento e que não estou rouco, mas tenho excelentes vizinhos.
:))

Tinoca Laroca disse...

Já agora... aos 18 que bodas alcancei?
hehehe
God bless you.
T.