sexta-feira, fevereiro 08, 2008

Jesus preparou-se ou sempre esteve preparado?

Numa aula em que estudamos o Evangelho de Mateus, levantou-se a questão do significado da preparação de Jesus antes de iniciar o Seu ministério publico.

Como sabemos, sómente por volta dos 30 anos e após ter passado algum tempo ao lado de João Baptista nas margens do Jordão, que culminou no baptismo de Jesus e a posterior vitória sobre as tentações, temos conhecimento do início do ministério de Jesus Cristo público por meio das suas palavras, acções e milagres. Antes disso quase nada nos é narrado.

Será que Jesus, por ser Deus, já esteve sempre preparado, desde o ventre de Sua mãe?
Será que Jesus precisou de descobrir a Sua missão e propósito de vida preparando-se para tal ou mesmo desde criança já sabia qual ela era?
Porque esperou até aos 30 anos para iniciar o seu ministério público?

Qual é a sua opinião e fundamento bíblico para ela?

3 comentários:

Penedo disse...

Vitor,
Acredito que Jesus não esteve sempre preparado. Se Jesus era Deus, ao mesmo tempo era homem e sabemos que passou por todos os estágios do desenvolvimento humano. Tal como a tua filha aprenderá a andar, Jesus não nasceu com esse conhecimento, teve um período de aprendizagem. Se consigo aceitar que do ponto de vista motor Jesus esteve sujeito ao mesmo que todos nós, da mesma forma aceito que teve que percorrer um caminho para se preparar.
Se aceitarmos que para o ministério Jesus sempre esteve capacitado, então devemos também defender que desde que nasceu sempre soube verbalizar bem as palavras sem ter de aprender. Sinceramente, não me parece razoável, pois a Bíblia diz que Jesus crescia, logo é porque não sabia e aprendeu.

Com o meu redutor argumento não quero de forma alguma dizer que Jesus era um ser limitado, o que digo é que Jesus decidiu ser um ser limitado e muitas vezes abdicou da sua divindade.
Vejamos a seguinte situação. Tiago 1:3 diz que Deus não pode ser tentado pelo mal, logo, se Jesus sempre fez uso da sua divindade nunca poderia ser tentado. No entanto, em Lucas 4:2 vemos que Jesus foi tentado. Como pode isso ter sido possível?

Um abraço.

natenine disse...

Abordando o post:

Isaias 7
14 Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.
15 Manteiga e mel comerá, até que ele saiba rejeitar o mal e escolher o bem.


Cristo teve o seu momento de aprendisagem e de preparação, bem fez o adilson a referência ao seu crescimento não só em estatura:
Luc 2:52
E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens.


Cristo sabia a sua missão desde cedo mas isso não significava que estivesse logo preparado para ela, com doze anos espantou os pais:
Luc 2:49 E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?

Abordando a questão do Adilson:

Adilson Jesus tinha duas naturezas, isto ainda que não explicite nada, exlica tudo.
Filipenses 2
6 Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
7 Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;

Vitor Mota disse...

Concordo com os vossos argumentos e acrescentaria o seguinte texto:
"...embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu e, tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da Salvação eterna para todos os que lhe obedecem..." - Heb.5:8,9

Acho que também é bastante esclarecedor acerca da questão.