quarta-feira, agosto 30, 2006

Precisamos ou não de um Super-Homem?

O Super-Homem (SH) regressou com um novo e interessante enredo à sua volta. O filme procura responder a uma grande questão: O ser humano precisa ou não do salvador SH?

O SH possui poderes extraordinários tais como o de ouvir todos os gritos de socorro do ser humano à volta do mundo, tendo mesmo a capacidade de viajar à velocidade da luz, o que lhe dá a possibilidade de (quase) ser omnipresente. O SH tem de lutar contra o mal, que quer destruir e conquistar a Terra, mas acaba por o vencer, à custa de colocar em risco a sua própria vida. Surge então a dúvida se o SH morre mas este acaba por voltar à vida para continuar a ser o salvador da humanidade.

Sim, o filme ensina que o ser humano precisa de um salvador mas também mostra que alguns seres humanos continuam a não querer precisar de um Salvador, como é o caso da Lois Lane, por razões mais sentimentais que racionais.

Não sei se é por ser cristão e por ver Jesus Cristo como a personagem central da história e salvação da humanidade, mas não posso deixar de ver a analogia que é feita entre o Super-Homem e a pessoa de Jesus. Talvez o filme a procure mostrar também.

O Super-Homem é uma personagem de ficção mas Jesus Cristo é uma pessoa real. E o ser humano vai continuar a precisar d’Ele se quiser ser salvo. No entanto, muitos continuam a não O querer. As razões para isso, só eles sabem.

7 comentários:

tito pereira disse...

Acredito que a maioria dos crentes que viram o filme acabaram por fazer essa leitura. E parece-me de facto pertinente referir estes aspectos que mencionaste. Nunca é demais lembrar quem é o único salvador e do que nos quer Ele salvar.

JOINCANTO disse...

Jesus é o único que nos pode salvar. Ele é o Salvador.

Ainda bem que já voltaste. Fazes cá falta.

Abraços

Pdivulg disse...

Se os Judeus descobrem essa analogia SH versus Jesus ainda boicotam o filme...

Vilma disse...

Gostei Vitor! Na verdade o SH é alguém que pode ser construído pelo ser humano... Jesus não!
Um abraço e bem vindo de novo! :)

Adilson C. Marques disse...

Benvindo. Ao ver o filme não pensei na analogia que aqui mostraste. Bem observado. Eu, sem dúvida, preciso de um Salvador.

Tinoca Laroca disse...

Não querem a salvação...
porquê?
talvez...
porque acham que é mais um filme de ficção... irreal.
T.

tito pereira disse...

Vá...tá na hora de contribuires com mais da tua sabedoria!
;)