quarta-feira, setembro 06, 2006

Evite a Procrastinação

Sabem o que significa a palavra procrastinação?
Tem a ver com algo que todos nós gostamos muito de fazer. Os portugueses são especialistas nisto. Sofremos também por causa disso. Sabem o que é?
Procrastinação é o acto ou o efeito de procrastinar ou seja de adiar, de deixar para o dia de amanhã algo que se podia fazer hoje.
Como considera C. Swindoll, "a especialidade da procrastinação é roubar o nosso tempo e o incentivo" para fazermos as coisas no momento certo. Esta ladra atinge-nos de forma quase imperceptível, usa armas que estão perto de nós, ao ponto de nos deixar inertes.
Por exemplo:
- na véspera planeámos fazer algo logo de manhã. Mas acordamos um pouco mais tarde (!) e logo nos surge uma desculpa para adiarmos o que tínhamos planeado. Chegamos ao fim do dia e percebemos que afinal não fizemos o que devíamos, mas pensamos: amanhã faço.
- temos uma dívida para pagar. Entretanto logo vemos outra coisa que queremos comprar e decidimos que o pagamento da dívida fica para outro dia: amanhã pago.
- Temos um compromisso a uma certa hora. Entretanto não planeámos o tempo com cuidado ou deixamos que outras coisas se metessem no meio e não conseguimos cumprir o que prometemos. Chegamos atrasados ou então decidimos adiar esse compromisso para amanhã ou outro dia.
- temos que tomar uma decisão sobre um determinado assunto. Temos problemas por causa disso mas continuamos a enfrentá-los porque não decidimos. Sabemos que qualquer que seja a decisão vai haver consequência para nós. Decidimos adiar e pensamos: amanhã eu logo decido.

Será que todos nós não agimos por vezes destas formas? Sim, os imprevistos por vezes acontecem e temos de adiar algumas coisas. Mas o problema é quando a procrastinação torna-se o nosso estilo de vida.

5 comentários:

Adilson C. Marques disse...

Vitor, li com agrado cada palavra. A "procrastinação" é algo que há muito tento eliminar da minha vida, chego ao ponto de preparar a roupa para o dia seguinte mesmo em férias e sem qualquer compromisso. Os meus amigos riem-se. A verdade é que o meu sucesso não surge pela minha inteligência, pois sei que não sou muito dotado, mas pela organização e planificação antecipada de tudo o que faço. Em tom de brincadeira costumo dizer "não facilito com as situações".
Um abraço.

Vitor Mota disse...

Olá Adilson. Gostei do teu comentário. Mas parece que o teu problema não é a procrastinação porque já aprendeste a vencê-la. A organização e o planeamento são realmente úteis, mas desde que não sejamos escravos disso, acho eu.
Um abraço
ps. parabéns pelo casamento. Que Deus vos abençoe

Raquel disse...

Este post fez-me pensar na conhecida canção "É prá amanhã Bem podias fazer hoje Porque amanhã sei que voltas a adiar E tu bem sabes como o tempo foge Mas nada fazes para o agarrar."
O equilíbio é essencial!

Tinoca Laroca disse...

Penso que muitas vezes a procrastinação deve-se ao facto de se pensar demais e se agir "demenos".
T.

tito pereira disse...

Eu não sou escravo da procrastinação, acredito que não sou. Mas tenho alguma tendencia para adiar "coisas". E muitas vezes sinto-me mal com isso. Mas o que desejo comentar realmente, embora reconheça que isso seria um assunto muito extenso de diálogo, é que cada vez me convenço mais que as características negativas que definem determinadas personalidades quase sempre vêm ligadas às excelentes qualidades que definem essas mesmas personalidades. E até hoje nunca conheci uma personalidade que seja o ideal em tudo.