quarta-feira, abril 30, 2008

O perdão visto na prática

«Em relação até à pessoa que tentou assassinar-me, perdoo como cristão, como ser humano. Como chefe de Estado (disse-lhe que) ele tem que enfrentar a justiça», declarou José Ramos-Horta no Palácio do Governo.

Excelente testemunho do poder de Cristo na vida de um cristão!

2 comentários:

Penedo disse...

Vitor,
Também fiquei muito sensibilizado quando ouvi tais palavras. Um exemplo a seguir. Um abraço.

Mauricio Abreu de Carvalho disse...

Neste conturbado mundo em que vivemos uma nota desse tipo soa como um brisa de esperança.
Ótimo blogue.
Um abraço.