sábado, novembro 15, 2008

Pela liberdade de lutar a favor da Educação

Hoje, cerca 2o mil professores (segundo alguns) de forma autónoma, independente e apartidária, juntaram-se numa marcha contra o estado da Educação actual no nosso país. Eu não presenciei a luta do 25 de Abril de '74 mas imagino que alguns sentimentos tenham sido os mesmos.


O sentimento de admiração e respeito por um grupo de homens e mulheres que luta genuinamente por aquilo em que acredita: melhorar a educação pública em Portugal.
O sentimento de liberdade, mesmo estando a ser governados de forma autocrática.
O sentimento de paz, mesmo estando envolvidos numa guerra contra uma política educativa cega e nefasta.

Ao voltar para casa, li numa estação de metro uma frase bastante significativa e que se pode aplicar a esta situação:

Não sei porquê, este governo, e em especial a Srª Ministra, não é capaz de entender o que se passa realmente nas Escolas e na educação em Portugal como consequência das suas políticas!

Ninguém, à excepção de Jesus Cristo, deve estar convicto de que possui toda a verdade. Mas a Srª Ministra parece que está! É triste que assim seja.

Até onde chegaremos nós neste braço de ferro? O meu conselho é o mesmo que Jesus nos deixou quando falava por parábolas:

"Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!"

1 comentário:

Adam L. disse...

One has to be aware of all side effects of Levitra medication before using it. Some side effects are headache, flushing, dizziness, runny nose, joint pain, severe chest pain, high or low blood pressure, etc. If one is using drugs containing Nitrate and Alpha- blockers, Levitra should be refrained from taking. http://www.levitrabliss.com/