sexta-feira, novembro 04, 2005

EU SOU...

... o Caminho, e a Verdade e a Vida;
ninguém vem ao Pai senão por mim.
João 14:6

p.s. - Não sei se foi propositadamente ou não, em sequência dos anteriores dias religiososos, mas foi transmitido, num canal via cabo, na noite de ontem o filme: "A Paixão de Cristo". Para além de ser difícil vê-lo sem sentir profundamente o que Cristo sofreu, o mais significativo é a mensagem clara e simples que é transmitida acerca de quem Jesus foi (e é) e o que Ele fez por mim e por ti.

5 comentários:

Filipe Spinner disse...

É impossível ficar indiferente. É impossível que nos "passe ao lado".
Um Abraço.
Filipe

JOINCANTO disse...

Também fiquei impressionado com a dureza e Paixão do filme e da morte de Cristo.
Abraços

HuperNikon disse...

Este filme impressionou-me e fez-me imaginar novamente o que Cristo sofreu por mim

Vitor Mota disse...

Da primeira vez que o vi, pareceu-me exagerada a dose de sofrimento infligida à personagem Jesus mas ao ver pela segunda vez acho que está bem retratado aquilo que realmente aconteceu com Jesus.

Lenita disse...

Olá!
Não vi o filme, mas podereis dizer da vossa justiça. Tudo o que sei é que é bem sangrento na crucificação, o que não condiz com o tipo de morte por crucificação: a ocorrência de embulia pulmonar. Talvez o filme reflicta a ideia que se tem do "sangue" e sua importância. Eles interpretaram isso em termos de quantidade.
Mas não acho que o significado remidor do derramamento de sangue seja uma questão de quantidade, mas sim de qualidade: o cordeiro escolhido de Deus não apresentava defeito algum!
Abraços