segunda-feira, janeiro 23, 2006

Lideranças Diferentes

Realmente, se há um elogio que devo fazer ao Prof. Cavaco Silva, foi a sua forma de liderar a sua campanha para a Presidência da República, a qual foi coerente e de visão, integra e de respeito para com os seus adversários, mesmo quando estes não o respeitaram.
Por outro lado, notou-se realmente o "poder dos cidadãos" no resultado que o Dr. Manuel Alegre conseguiu. O poder político, e o seu líder (que também admiro), ao decidir não o apoiar, quanto a mim, cometeu o erro de demonstrar que aqueles que discordam dele, são considerados a lutar contra ele. E este é um grande problema dos líderes com grande poder de influência. Parece que desejam ter 100% de apoio em todas as suas ideias e é-lhes muito difícil conviver e cooperar com os que deles discordam.
E os líderes cristãos? Também se deixam vencer por este "lado negro" do seu nível de "protos"?

3 comentários:

rui miguel duarte disse...

inferlizmente, entre os líderes cristãos há quem…

Lenita disse...

Gostei do teu comentário que acho equilibrado, contrariando a canhotice cegueta que dominou a campanha.
Finalmente terminou aquela exposição pública de raiva mesquinha de quem não nota que, dessa forma, se insignifica.

Um abraço

Flor disse...

Gostei desta analise tua.
beijo