terça-feira, julho 18, 2006

Desconhecendo Deus

Já não tiveram a sensação de estar, em alguns cultos, a falar a pessoas que vão "à Igreja" há anos e para quem Deus também é "Deus desconhecido"!? Eu já.

"Paulo, pondo-se diante deles no Areópago, falou-lhes assim: Gente de Atenas, vejo que são muito religiosos, pois ao passar pela cidade reparei em muitos altares, um deles até com a inscrição - 'Ao Deus desconhecido'. Afinal, têm andado a adorá-lo sem saber quem ele é, e por isso quero falar-vos agora acerca desse mesmo Deus.
Foi ele quem fez o mundo e tudo quanto nele há e, uma vez que é Senhor do céu e da Terra, não vive em templos feitos por mãos humanas; e nem sequer precisa que seres humanos lhe façam seja o que for! Ele próprio é quem dá a todos a vida, o ar que respiramos e tudo o resto de que precisamos. Criou toda a população do mundo a partir de um só homem e espalhou as nações pela face da Terra, fixando os tempos do mundo e os limites à vida dos homens na Terra.
E o que ele pretende é que o procurem e que se esforcem por encontrá-lo, embora não esteja longe de cada um de nós. Pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos!' Como disse outro dos vossos poetas, 'somos de descendência divina'" - Actos 17: 22-28

5 comentários:

Pdivulg disse...

Esse desconhecimento de Deus é real, aliás as pessoas antigas chamavam (Na Igreja Católica) à comunhão o "(Jesus) escondido" tal não era o secretismo que envolvia o culto. Hoje como disseste, e bem, muitos ainda apenas "vão" ao culto (talvez por rotina) e não existe uma verdadeira aproximação a Deus. Penso que o falho vem do nosso passado, onde existia o "medo" de Deus como o todo poderoso Juiz que castiga, foram muitos séculos de opressão. Hoje, neste mundo de liberdade onde vivemos, muitos não entendem e ignoram, outros rendem-se apenas à rotina.
Urge uma verdadeira educação logo de pequeno, uma educação de amor onde Deus é apresentado como Pai ternurento que tudo suporta,...que tudo perdoa.

Demo disse...

Tenho andado por aí e o seu blog é um dos que tenho lido...e tido alguma dificuldade em comentar...
Desta vez decidi-me a justificar-me porque publiquei um post no meu blog em que falo, (se bem que indirectamente)...do seu...

Vitor Mota disse...

pdivulg,
obrigado pelas palavras. Acrescentaria que o amor do Pai também é justo.

Vitor Mota disse...

Caro visitante,

Quanto a ter dificuldade em comentar, é normal. Também não espero que todos concordem com o que afirmo mas espero que respeitem. Sobre o que escreveu no seu blog, lá lhe responderei.

Marlene Maravilha disse...

As pessoas vão ao culto, ouvem a Palavra e quando saem, sequer lembram um versículo dado.
Há muitos convencidos de Jesus, mas poucos convertidos a Ele.
abraços