quarta-feira, agosto 03, 2005

O sobrenatural

Escrever num blog é um fenómeno interessante. São pensamentos públicos porque estão disponíveis a todos e a qualquer um. Talvez por isso, nem tudo o que pensamos e sentimos verdadeiramente é o que realmente escrevemos. Não quer dizer que somos falsos ou hipócritas. Quer dizer que talvez escrevemos uma parte do verdadeiro "eu" de cada um. Apesar de ser uma parte, sendo partilhada (mesmo não tendo quem leia) torna-se grande. Porque o simples acto de escrever ajuda, quem o faz, a chegar a conclusões sobre si próprio e o mundo que o rodeia. E talvez, neste processo, outros sejam ajudados...

Ao escrever sobre a luta espiritual, reflicto sobre as lutas que enfrento na minha vida. Não é a luta para ter uma vida material mais rica nem a luta para ser mais feliz. Refiro-me principalmente à luta para ser alguém que honra a Deus em vez de querer ser honrado.

O homem naturalmente quer ter a honra para si mesmo por tudo aquilo que é ou faz. O homem, naturalmente, tem dificuldade em aceitar a sua fraqueza, a sua falta de sabedoria ou de conhecimento. O homem naturalmente tem ciúmes daquele que tem, é ou faz mais. O primeiro e fatal erro do ser humano foi exactamente querer ser como o Outro e por causa disso ficou deformado de uma forma permanente. Hoje todos continuamos a sofrer dessa deformação, a qual é usada pelo Mal para nos deformar ainda mais.

Por isso é que precisamos do sobrenatural, não para nos deformar mais, mas para nos conformar à imagem d'Aquele que é sobre tudo e sobre todos. O sobrenatural é ser capaz de dar-Lhe honra em todas as coisas. O sobrenatural é não deixar que o natural tenha domínio sobre nós. O sobrenatural é Cristo!

1 comentário:

Silvia disse...

MUITO BACANA O QUE VC ESCREVEU.TAMBÉM LUTO PELO MESMO IDEAL...CRESCER ESPIRITUALMENTE.POUCAS SÃO AS PESSOAS QUE PENSAM ASSIM.
INFELIZMENTE.